Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Uncategorized

Quanto tempo o ozônio dura dentro de uma seringa?

A Ozonioterapia é uma técnica centenária e com aplicações eficientes contra dezenas de doenças diferentes. O Ozônio Medicinal é um gás altamente instável, o que exige que a sua obtenção seja feita no momento do tratamento.

Nesse conteúdo especial do blog Dr. Ozônio, descubra quanto tempo o gás dura dentro da seringa e como ele é ministrado nos consultórios.

Boa leitura!

Qual a durabilidade do Ozônio Medicinal dentro da seringa?

O Ozônio Medicinal é composto por uma mistura entre oxigênio e ozônio. Ele é obtido por meio de um equipamento especial, que realiza descargas elétricas dos gases.

É impossível armazená-lo, uma vez que sua instabilidade faz com que ele logo se recomponha em oxigênio. A velocidade que o O3 leva para dissociar-se em O2 varia conforme a concentração em que o Ozônio Medicinal se encontra e sua temperatura.

Quanto mais alta é a temperatura e a concentração do gás, mais veloz será a sua dissociação. O contrário também é válido.

Para se ter uma ideia, o tempo médio em que o ozônio se mantém íntegro é de 30 minutos em uma temperatura de 20ºC.

Sendo assim, o recomendado é que a Ozonioterapia seja feita durante os 10 primeiros minutos em que o gás é obtido. Nesse tempo, a dose inicial é perdida em 10%.

Como a Ozonioterapia é ministrada nos consultórios?

O Ozônio Medicinal precisa ser coletado em uma mistura inferior a 5% de ozônio e superior a 95% de oxigênio, já que é 10 vezes mais solúvel na água em relação ao oxigênio e 1,6 vezes mais denso.

Conforme mencionamos, ele deve ser obtido no momento da aplicação da Ozonioterapia, por meio de equipamentos específicos para essa finalidade.

Por conta da instabilidade do gás, esse tipo de aparelho precisa contar com um alto padrão de qualidade, sendo feito de aço inoxidável, teflon ou vidro. Como o dióxido de nitrogênio é tóxico, o ar deve ser excluído durante a obtenção do ozônio, para que sua formação seja evitada.

Quer ter acesso aos melhores tratamentos na área?

A Ozonioterapia é um excelente ativador do sistema imunológico, agente anti-inflamatório, antimicrobiano, circulatório, regenerador e estético. Mesmo que o ozônio não seja considerado uma molécula radical, ele é considerado o terceiro oxidante mais eficiente, perdendo apenas para o persulfato e flúor.

Para obter todos os seus benefícios, é imprescindível contar com profissionais experientes e devidamente especializados na área, pois eles garantem toda a eficiência e segurança necessárias durante as intervenções.

Acesse o site da Dr. Ozônio e confira todos os diferenciais oferecidos pela clínica que é referência na área! São diversas opções em consultas, avaliações terapêuticas e procedimentos clínicos com Ozônio Medicinal.

Gostou de conferir mais essa curiosidade sobre a Ozonioterapia e sua durabilidade na seringa? Quer receber ainda mais informações sobre a técnica? Então continue acompanhando as novidades do blog Saúde com Ozônio.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *