Com o decorrer do tempo e a ampliação dos conhecimentos a respeito da estética e saúde, muitos procedimentos passaram a se utilizar de elementos naturais, como é o caso da Hidrozonioterapia.

Isso porque a técnica utiliza o gás ozônio, composto por três moléculas de oxigênio e com capacidade de trazer diversos benefícios, assim como já é utilizado em inúmeras práticas que visam a qualidade de vida.

Quer saber sobre o que é, os benefícios, indicações e como o gás age na Hidrozonioterapia? Continue lendo este artigo.

O que é Hidrozonioterapia?

Como mencionamos, esse processo utiliza o gás ozônio para a realização do procedimento, que consiste na adição dele na água de uma banheira e em diferentes indicações e temperaturas.

Sendo assim, há a liberação do O³, também conhecido como oxigênio nascente/ativo. Com o auxílio dele, a Hidrozonioterapia auxilia no processo anti-inflamatório do corpo.

Essa técnica é utilizada em situações de esgotamento físico, cansaço, dificuldades para dormir, problemas circulatórios, dores nas pernas, varizes, fibromialgia, edemas, combate ao envelhecimento precoce e até mesmo a depressão

Mas os benefícios não param por aí. A técnica pode ajudar muitos outros processos do nosso organismo, pois o gás utilizado também possui ação bactericida e cicatrizante, além de promover a estimulação cutânea.

Quais são os benefícios da prática?

A Hidrozonioterapia não é apenas um banho aliado à estética, mas também à saúde emocional e do corpo, pois auxilia desde a redução da ansiedade e do estresse até a eliminação das toxinas do organismo.

Contudo, na estética, um dos benefícios procurados é o aspecto macio da pele, pois a técnica é capaz de promover uma profunda hidratação, livrando o corpo de toxinas e impurezas. Além disso, a hidrozonioterapia:

  • desobstrui os poros da pele;
  • promove uma leve drenagem linfática;
  • possui ação cicatrizante, anti-inflamatória, bactericida e desinfetante;
  • contribui para a recuperação de contraturas, distensões e contusões;
  • aumenta a circulação periférica;
  • facilita o movimento articular;
  • ajuda no fortalecimento muscular;
  • facilita o relaxamento do corpo;
  • reduz as dores e espasmos musculares;
  • diminui as dores causadas pela artrite;
  • melhora os distúrbios do sono;
  • auxilia na diminuição da celulite.

Como o ozônio age na hidrozonioterapia?

O banho de Hidrozonioterapia é uma técnica muito eficaz no processo anti-inflamatório, auxiliando nas situações de exaustão física, dores pelo corpo, envelhecimento precoce e no melhoramento da circulação do sangue.

Isso acontece porque o oxigênio nascente produz uma micro radiação de ultravioleta, responsável pelas propriedades que combatem o estresse, tonificam e hidratam a pele e que agem como bactericidas, fungicidas e cicatrizantes

No processo, o gás combate a celulite e rejuvenesce os tecidos, fazendo a desintoxicação do organismo, melhorando o metabolismo e aumentando a reprodução das células, permitindo que o corpo respire melhor.

Quando seca, por exemplo, a pele é pouco permeável à substâncias e gases solúveis em água, e é por isso que a Hidrozonioterapia serve para umedecer e amaciar o corpo, abrindo os poros, ativando a circulação e levando mais oxigênio às células.

Do pés aos cabelos

Com tudo isso, o procedimento consequentemente aumenta as defesas naturais do organismo, fortalecendo o sistema imunológico e o desempenho físico.

O processo acaba sendo uma ótima alternativa para o pré e pós operatório, pois prepara a pele e ajuda na cicatrização.

Nos cabelos, o ozônio age como um oxidante sobre a oleosidade, caspa e seborreia, além de ser um esfoliante natural, limpando o bulbo profundamente, aumentando a higiene dos fios e combatendo a alopécia.

Já na pele, o ozônio oxida as células mortas produzindo também uma esfoliação natural, desprendendo com mais facilidade as células oxidadas e tornando o nosso corpo um organismo receptivo, ativando as formas de auto cura e potencializando a ação de produtos associados aos cuidados com a pele.

Em quais casos é indicado?

Um dos maiores benefícios da Hidrozonioterapia é que é um procedimento com nenhuma contraindicação, sendo possível de utilizar em bebês, crianças, adultos, idosos e gestantes.

Contudo, a prática é recomendada a partir de algumas indicações de sintomas, como as alterações emocionais, orgânicas e funcionais, além, é claro, de questões estéticas para o melhoramento do aspecto da pele e cabelos.

É indicada também para combater os radicais livres e o envelhecimento precoce, além de ser bastante procurada nos processos de emagrecimento, flacidez e potencialização dos produtos aplicados na pele.

A Hidrozonioterapia é muito procurada na estética para a redução da celulite, que é uma toxina que o corpo não consegue metabolizar. Assim, com a dilatação dos poros e ativação da circulação do sangue, essas toxinas são combatidas com mais eficácia.

Outras indicações

Outra das indicações é que o procedimento acelera a cicatrização de úlceras do pé diabético, promovendo maior vascularização e uma ação anticéptica pelo aumento da oxigenação no local, que até mesmo pode evitar a necessidade de amputação.

Além disso, é indicada para casos de dores de origem somáticas nos ossos, articulações e músculos, hipertensão e hipotensão, vasculopatias periféricas e prevenção de fibroses, infecções e pigmentações em incisões cirúrgicas.

Também é procurada em situações dermatológicas e circulatórias, micoses, queimaduras e contusões e no tratamento de feridas difíceis de cicatrizar.

Por fim, também é indicada no preparo e pós cirúrgico de lipoaspiração e plásticas e no preparo de atletas antes e após as competições esportivas. E ainda não para por aí, porque o componente da Hidrozonioterapia, o ozônio, vai muito mais além.

Outros usos do ozônio na estética

Para além da aplicação do gás em um procedimento de Hidrozonioterapia na banheira, o ozônio também pode ser utilizado em massagens relaxantes, onde o gás é dispersado pelo corpo também em uma banheira.

Ao ser aplicado com água morna e liberado com intensidades alternadas, ocorre a vasodilatação e aumento do fluxo sanguíneo, promovendo um maior relaxamento do corpo. Assim, com a liberação adequada, o procedimento dura em torno de 25 minutos.

Contudo, o gás também é utilizado no tratamento da acne, que ocorre quando as glândulas sebáceas produzem sebo de forma exagerada e causa desconfortos em milhares de pessoas em todo o mundo.

Ozônio para acne

O excesso de oleosidade na pele é um dos principais causadores da acne, que também contribui para o aparecimento de cravos, que aumentam a proliferação de bactérias e podem gerar um processo inflamatório, ou seja, uma espinha.

Por isso, além da higiene adequada da região, a ozonioterapia para acne pode auxiliar bastante no tratamento deste problema, principalmente por meio das suas propriedades antissépticas e anti-inflamatórias.

Nesse processo, o ozônio age regenerando a pele junto de outros componentes como a água, óleos e azeites ozonizados, que são aplicados e penetram profundamente a epiderme, limpando os poros das placas sebáceas.

Com isso, o gás atua na prevenção da proliferação de microrganismos patogênicos que causam inflamação, além de ajudar em outros tratamentos como a psoríase, feridas e áreas infectadas na pele.

Ozônio medicinal

O gás é encontrado naturalmente na atmosfera, é incolor à temperatura ambiente e o seu uso medicinal começou na Alemanha, local onde foram produzidos os primeiros geradores de ozônio medicinal, técnica que é utilizada no mundo todo atualmente.

Outros dos casos bastantes beneficiados com a ozonioterapia são os problemas nas articulações, como a artrite reumatoide, osteoartrite, lúpus, artrose, bursite, gota, luxações e tendinite.

Isso acontece porque existe uma pluralidade de áreas que o gás alcança, que criam um ambiente altamente favorável para o alívio de dores, cicatrização de feridas, desinflamação de nervos e diversos aspectos estéticos.

Além disso, o metabolismo celular e o fortalecimento do sistema imunológico são processos importantes do organismo que podem ser ainda mais potencializados com a ação da ozonioterapia, garantindo mais qualidade de vida.

Sem contraindicações e riscos à saúde

Como você pôde perceber, a Hidrozonioterapia e Ozonioterapia possuem diversos benefícios à saúde do corpo e à saúde emocional, além de não apresentarem riscos para a saúde ou contraindicações.

Mas para além disso, o gás também não apresenta os temidos efeitos colaterais como as alergias e não está associado a nenhuma outra complicação.

Contudo, é sempre importante procurar o auxílio de profissionais qualificados e especializados no assunto, tanto para a verificação dos sintomas quanto para a indicação das aplicações mais adequadas do ozônio aliadas a algum tipo de tratamento.

Saiba mais sobre as aplicações do ozônio

Trouxemos neste artigo algumas das principais aplicações desse gás natural no Brasil, mas saiba que existem diversos outros procedimentos que utilizam o ozônio aliado a limpeza de ambientes, preparação de ambiente cirúrgico e muito mais.

Se você tem interesse nessa área da saúde que está crescendo cada vez mais, acompanhe as atualizações do blog da Saúde com Ozônio e visite o site Detox Dr. Ozônio3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *