Confira uma série de benefícios relacionados à terapia ortomolecular como tratamento de saúde.

A preocupação com a saúde não é algo que assola apenas quem deseja viver por mais tempo, mas também quem deseja desfrutar de qualidade de vida para que possa apreciar todos os momentos que a vida propicia, por isso, o tratamento ortomolecular vem conquistando um número crescente de adeptos.

Como se trata de uma terapia amplamente difundida e utilizada desde a década de 60, o tratamento ortomolecular é algo que muitas pessoas já ouviram falar, no entanto, muitos desconhecem o seu funcionamento.

Basicamente a terapia ortomolecular consiste em investigar anomalias orgânicas e psíquicas relacionadas às deficiências de vitaminas, nutrientes e radicais livres, para então, através de suplementação, corrigir esse desequilíbrio com minerais, ácidos graxos, vitaminas, probióticos e outras substâncias antioxidantes.

Benefícios do tratamento ortomolecular 

Como a nutrição pode ser uma ferramenta aliada e extremamente relevante para a qualidade de vida, o tratamento ortomolecular é uma importante alternativa para recuperar a saúde de uma série de pacientes, apresentando benefícios como os seguintes:

  • Mais vitalidade para as células;
  • Rendimento metabólico amplificado;
  • Auxílio no tratamento de doenças respiratórias;
  • Combate aos radicais livres;
  • Diminuição na dosagem das medicações específicas para qualquer doença;
  • Ajuda no processo de emagrecimento;
  • Otimiza o tempo de recuperação da doença;
  • Potencial de ser complementar ao tratamento de câncer;
  • Ação preventiva contra diversas outras enfermidades.

Ainda assim, é importante salientar que a terapia ortomolecular é um tratamento de saúde complementar, ou seja, não substitui a abordagem e o tratamento médico convencional, ainda assim, oferece todos os benefícios já listados que propiciam uma redução significativa de procedimentos invasivos e com efeitos colaterais, no entanto, tudo sobre análise, orientação e prescrição médica.

Recomendações do tratamento ortomolecular

No entanto, mesmo quem não apresenta nenhum tipo de enfermidade pode se beneficiar da terapia ortomolecular para garantir a qualidade de vida, principalmente com a redução dos radicais livres.

Ainda que seja uma reação esperada e natural do organismo, a produção de radicais livres desencadeia uma série de processos inflamatórios no corpo, o que necessita de uma quantidade de energia elevada para essa recuperação.

Com o controle dos radicais livres, a energia que seria desprendida do organismo para o controle dos processos inflamatórios é direcionada para outros aspectos relevantes, que vão desde a disposição até o sistema imunológico.

Ou seja, ainda que o tratamento ortomolecular seja amplamente indicado e recomendado por terapeutas e especialistas para uma série de pacientes, é relativamente comum a adoção da terapia por pessoas consideradas saudáveis, com a intenção de propiciar todos os benefícios relacionados à abordagem.

Devido a essa extensa lista de vantagens, em uma pesquisa rápida em qualquer site de busca é possível encontrar uma grande seleção de celebridades que recorrem ao tratamento ortomolecular.

Caso tenha se interessado nos benefícios apresentados pelo tratamento ortomolecular, marque uma avaliação na Dr. Ozônio, uma referência nacional quando se trata de Clínica de Terapias Integrativas e Complementares, sendo, inclusive, a única com atuação liberada pela vigilância sanitária do município de São Paulo para a administração de ozonioterapia, que pode ser realizada em conjunto com a terapia ortomolecular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *