Segundo a organização Mundial de Saúde (OMS), a obesidade pode ser compreendida como um agravo de caráter multifatorial decorrente de balanço energético positivo que favorece o acúmulo de gordura. IMC maior que 25, já pode ser considerado sobrepeso, o índice pode ser calculado da seguinte maneira: divide-se o peso do paciente pela sua altura elevada ao quadrado. Mas, pode variar de pessoa para pessoa, por isso precisamos de uma avaliação de bioimpedância, para verificar a composição da massa corpórea da pessoa.

A consulta e o diagnóstico precisa ser um processo muito detalhado. A perda de peso não é fácil, pois a obesidade é uma doença multifatorial. Tudo isso influencia o sucesso do tratamento, caso algum desses pontos estejam alterados, nós precisamos trabalhar neles também. Ainda temos que fazer uma consulta com nutricionista e personal trainer. Às vezes é preciso também uma consulta com psicólogo, pois existem alguns distúrbios como ansiedade e compulsão alimentar que podem dificultar. Além disso pode ser preciso uma avaliação de bioimpedância, para verificar a composição da massa corpórea da pessoa (às vezes ganhamos massa magra que não fazem diferença na balança, mas fazem no nosso corpo).

Na Dr. Ozonio a Consulta funciona da seguinte forma: Primeiro precisamos fazer uma anamnese completa do paciente, analisar fatores genéticos e fatores ambientais que influenciam no ganho de peso, realizar a bioimpedância e análise de exames laboratoriais, hemograma, anemia, insulina, tireoide, hemograma, hormônios sexuais etc, A partir daí traçar as metas para o tratamento com ozonioterapia.

Quando a pessoa está acima do peso dizemos que o corpo dela está inflamado, inflamação crônica subclínica do tecido adiposo branco. O ozônio é um grande agente anti-inflamatório, diminuindo o estresse oxidativo e a inflamação do corpo, ajudando na oxigenação do corpo e também na eliminação das toxinas, acelerando o processo de emagrecimento, é um agente lipogênico também, ou seja, vai destruir as células de gordura.

Como qualquer processo de emagrecimento o paciente passa por uma avaliação com a ozonioterapeuta para verificar os exames laboratoriais verificando o objetivo (quanto peso deseja eliminar) e se deseja eliminar gordura localizada.

Logo após é traçado o plano de ação para esse paciente, a alimentação, a atividade física e o tratamento com sessões de ozonioterapia. Passos do tratamento: 1- Aplicação de Ozônio na gordura localizada (no dia 1), 2- Aplicação dos lipolítico, 3 – drenagem linfática (no dia 2) e 4- Exercício físico (no dia 3).

As vias de aplicação de ozônio são: Via sistêmica, insuflação retal, que permite aplicar o ozônio dentro do intestino, essa é a melhor via já que o órgão está acostumado com gases e faz a absorção em cerca de 40 segundos, então podemos aplicar um volume considerado e que apresenta um bom resultado.

Pode ser feito também através do fluídos corpóreos, ou seja, através do nosso sangue, com soro ozonizado aplicado na veia do paciente ou se não a grande auto-hemoterapia, onde tiramos uma quantidade de sangue do paciente, misturamos com o ozônio e aplicamos de volta na veia do paciente. Além disso, a via local, efetiva para a gordura localizada, feita com uma agulha que alcance o subcutâneo do paciente, onde ficam as células de gordura, possibilitando eliminá-las.

Quer saber mais sobre as possibilidades do ozônio medicinal para a sua saúde e sobre ozonioterapia no processo de emagrecimento? Continue Acompanhando nosso Blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *