Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Destoxificação, Saúde em Geral

Benefícios da destoxificação no tratamento da disbiose intestinal

O sucesso do tratamento da disbiose intestinal é de suma importância para quem sofre com o problema, afinal, além de comprometer a qualidade de vida dos pacientes, ele também pode ser fonte de doenças mais sérias e até se tornar fatal!

Considerada uma importante aliada contra diferentes tipos de patologias e desequilíbrios do organismo, a destoxificação também tem destaque nessa área, já que otimiza os tratamentos considerados tradicionais de maneira segura e natural.

A seguir, saiba mais sobre o tratamento da disbiose intestinal, além das principais características, causas e sintomas da condição. Boa leitura!

O que é disbiose intestinal?

Disbiose intestinal caracteriza um distúrbio que compromete a absorção de nutrientes pelo organismo e provoca carência de vitaminas.

Ele ocorre por conta de um desequilíbrio da flora bacteriana presente no intestino. O número de bactérias benéficas para a saúde diminui significativamente, enquanto aquelas capazes de gerar patologias aumenta.

As consequências mais comuns do problema em seu estado moderado envolvem gases, náuseas, prisão de ventre ou diarreia.

Porém, quando o tratamento adequado não é realizado, as bactérias maléficas podem migrar para o sangue e provocar infecções generalizadas, que em situações mais graves podem até ser fatais.

Quais as suas principais causas e sintomas?

Quem sofre com a disbiose intestinal pode sofrer com problemas como:

  • Excesso de gases e arrotos;
  • Distensão abdominal;
  • Náuseas;
  • Dores de cabeça;
  • Má formação de fezes;
  • Alternância entre prisão de ventre e diarreia;
  • Cansaço excessivo;
  • Urticária e acne;
  • Queda de cabelo;
  • Candidíase de repetição.

Entre as causas mais comuns da patologia está o consumo excessivo de álcool, estresse, uso de medicamentos antibióticos, laxantes ou cortisona e a má alimentação.

Também é comum que o problema surja em decorrência de doenças que comprometem a flora intestinal, como a diverticulose, prisão de ventre e inflamação do intestino.

Como é feito o tratamento da disbiose intestinal?

O tratamento da disbiose intestinal visa principalmente recuperar a flora bacteriana. Isso exige uma alimentação equilibrada, por isso o método mais comum é a reeducação alimentar.

Os especialistas recomendam o consumo principalmente de opções ricas em fibras e probióticos. Eles são capazes de estimular a proliferação das bactérias intestinais boas e, consequentemente, recuperar a absorção correta de vitaminas e nutrientes.

A adoção de programas de destoxificação também é fundamental contra a disbiose. Com eles, é possível eliminar as toxinas que se acumulam no organismo por conta do problema e restabelecer as funções corpóreas de maneira natural.

A destoxificação consiste em um programa de suplementação desenvolvido de acordo com as características e necessidades de cada indivíduo. Ela deve ser orientada por um especialista da área, já que envolve uma minuciosa rotina de nutrição.

Muito além de melhorar as funções intestinais, reduzir a acidez dos líquidos corpóreos e limpar o sistema digestório de maneira orgânica, o método ainda melhora significativamente a imunidade, combate dores, reduz a gordura no fígado, promove o emagrecimento e aumenta o vigor físico e mental!

Se você ficou interessado no tratamento da disbiose intestinal através da destoxificação, entre em contato com a Clínica Dr. Ozônio e agende a sua consulta com quem é referência na área em todo o país!

Não deixe também de acompanhar as novidades do nosso blog para ficar por dentro de tudo sobre o assunto.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *