Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Ozônio, Ozônioterapia, Saúde em Geral

O papel da ozonioterapia no tratamento de doenças mitocondriais

O tratamento de doenças mitocondriais com ozonioterapia representa mais uma área em que o ozônio medicinal é decisivo, não só para garantir mais bem-estar aos pacientes, mas principalmente para preservar as suas vidas.

Utilizada como recurso complementar às intervenções tradicionais, o ozônio atua como um importante e poderoso aliado na recuperação da atividade das mitocôndrias, que desempenham um papel fundamental para o correto funcionamento do organismo.

A seguir, saiba mais sobre as doenças mitocondriais e seus sintomas. Em seguida, descubra o que torna a ozonioterapia tão importante nessa área. Boa leitura!

O que são doenças mitocondriais?

As doenças mitocondriais são aquelas que provocam a diminuição da atividade das mitocôndrias, que são diretamente responsáveis pela energia fornecida às células.

De origem genética e hereditária, a condição pode fazer com que ocorra morte celular e falência dos órgãos em longo prazo.

Responsáveis por mais de 90% da energia necessária para a manutenção das células, as mitocôndrias são organelas presentes no ambiente intracelular. Suas funções também envolvem a formação de hemoglobinas, o metabolismo de neurotransmissores e do colesterol, além da produção de radicais livres.

Isso quer dizer que qualquer alteração na função das mitocôndrias pode gerar consequências graves para a saúde.

Cada célula do organismo conta com centenas de mitocôndrias, sendo que cada uma tem o seu próprio material genético. As mitocôndrias de uma mesma célula podem se diferir entre si. A quantidade e o tipo de DNA também pode variar de acordo com cada célula.

Na doença mitocondrial, uma mesma célula conta com mitocôndrias com material genético alterado, o que compromete seu funcionamento.

Quanto mais mitocôndrias alteradas, menor é a quantidade de energia produzida pela célula e maior as chances de sua morte.

Quais os seus principais sintomas?

Os sintomas das doenças mitocondriais podem variar de acordo com 4 fatores:

  1. Quantidade de mitocôndrias comprometidas em uma célula;
  2. Perfil de mutação;
  3. Quantidade de células afetadas;
  4. local em que as células e suas mitocôndrias afetadas estão presentes.

Entre os principais sinais que apontam a necessidade de tratamento de doenças mitocondriais, destacam-se:

  • Fraqueza e perda de coordenação muscular;
  • Alterações gastrointestinais quando a doença atinge o sistema digestivo;
  • Disfunções cognitivas e até degeneração cerebral;
  • Problemas renais, hepáticos, cardíacos e oftalmológicos.

As doenças mitocondriais podem se manifestar em qualquer fase da vida. Quanto mais novo for o indivíduo afetado, porém, mais graves serão os seus sintomas e a letalidade da condição.

No próximo item, saiba como é feito o tratamento de doenças mitocondriais com ozonioterapia e conheça os principais benefícios.

Como é o tratamento de doenças mitocondriais com ozonioterapia?

O procedimento tradicional para o combate das disfunções mitocondriais visa principalmente retardar a progressão da doença e devolver, mesmo que em partes, a qualidade de vida dos pacientes.

As intervenções geralmente incluem a adoção de uma dieta equilibrada, hidratação constante e a ingestão de certas vitaminas.

Por mais benéficas que sejam essas ações, porém, elas podem não ser capazes de curar completamente a condição. É nesse ponto que o tratamento de doenças mitocondriais com ozonioterapia é tão importante: o ozônio atua como um excelente estimulante mitocondrial!

Quando utilizado de maneira complementar, o ozônio medicinal não só contribui para os efeitos esperados nos tratamentos primários, como também age diretamente na cura das disfunções que comprometem a energia das células.

Como melhora a eficiência mitocondrial, a ozonioterapia favorece significativamente a produção de energia em todo o corpo. Isso faz com que a doença pare de progredir e problemas de saúde secundários não surjam, como é o caso do câncer, diabetes, fibromialgia e até doenças cardíacas.

Para garantir a ativação das células metabólicas de maneira permanente e eficiente, a concentração utilizada de ozônio medicinal deve levar em conta as características de cada paciente, bem como o perfil citológico dos tecidos afetados. Isso exige extrema experiência e qualificação do médico responsável na área.

Se você quer desfrutar dos benefícios do tratamento de doenças mitocondriais com ozonioterapia, procure quem é referência absoluta na área: entre em contato agora mesmo com a clínica Dr. Ozônio!

Fique por dentro também das novidades do nosso blog para continuar acompanhando tudo sobre o método e seus avanços!

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *