Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Ozônio, Ozônioterapia, Saúde em Geral

Ozonioterapia em pacientes com COVID-19

A partir do primeiro relatório dos dois primeiros hospitais que iniciaram a terapia (hoje estamos em 15 hospitais), onde a Ozonioterapia está sendo praticada de acordo com o Protocolo da Sociedade Científica de Ozônio Oxigênio (SIOOT), 11 pacientes em estado grave e muito graves tiveram uma melhora rápida e decisiva.

Após apenas cinco sessões de tratamento, dos cinco pacientes entubados, uma melhorou a ponto de ser extubada e as outras estão melhorando significativamente.

O paciente com condições menos graves, após algumas sessões de ozonioterapia, recuperou-se e voltou para casa.

O único falecido do grupo estava em condições amplamente comprometidas. Como uma tentativa extrema, apenas duas sessões de ozônio medicinal foram praticadas, mas sua condição estava comprometida demais.

No relatório técnico, os médicos escreveram que, após 5 tratamentos com ozonioterapia, conforme o protocolo SIOOT, os pacientes estão muito melhores.

Os médicos observaram que, depois de praticar a Terapia com ozônio:

  • Melhoria geral das condições clínicas;
  • Normalização da temperatura corporal;
  • Redução de proteína reativa C (PRC);
  • Normalização da frequência cardíaca;
  • Melhoria da saturação e redução do suporte de oxigênio;
  • Normalização da função renal (creatina).

Para entender melhor o significado desses dados, entrevistamos o Prof. Marianno Franzini, Presidente da SIOOT International e promotor, juntamente com o Prof. Luigi Valdenassi do protocolo de tratamento.

Segundo Franzini, os dados mais relevantes são que as melhorias são notáveis e ocorreram em apenas cinco dias de terapia.

Para tentar avaliar melhor, Franzini perguntou a seus quatro colegas que trabalham diretamente no atendimento a pacientes com covid-19, e todos confirmaram que esses são resultados muito importantes, porque em cinco dias nenhuma das pessoas afetadas por Covid – 19 tem uma melhora tão rápida e estável quanto a observada em pacientes tratados com ozônio.

“Um médico que está tratando pacientes da Covid – 19, – disse Franzini – me revelou que nenhum protocolo de tratamento está dando resultados como os da Terapia com ozônio”.

Quando perguntado quais são as razões pelas quais a terapia com ozônio com oxigênio é tão eficaz, Franzini explicou que, das autópsias do falecido devido a Covid-19, parece que o vírus ataca imediatamente a microcirculação causando uma trombose disseminada.

E é justamente aí, além do efeito antiviral, que o ozônio de oxigênio é ainda mais decisivo precisamente porque reativa e fortalece a microcirculação.
“Considerando a bondade desses primeiros dados, seria muito importante – enfatizou Franzini – garantir que a terapia fosse praticada no início, quando o paciente mostrar positivo, para que possamos curá-los antes que piorem, conseguindo assim diminuir o hospitalização “.

Dr. Antonio Gaspari
Diretor Orbisphera.it

Clique aqui e acesse a fonte original do texto!

Previous ArticleNext Article

2 Comments

  1. Gostaria de saber qual modo de aplicação tras mais resultados: ozônio retal,; através da auto hemoterapia ou mesmo a água ozonizada já tras resultados. Obrigada.

  2. Como são feitas as aplicações? Os resultados são diferentes para cada tipo de aplicação? Qual a diferença,em termos de resultado, da ozonioterapia maior e a menor? E qual a diferença entre a auto hemoterapia e a ozoneoperapia? TFa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *