Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Ozônio, Ozônioterapia, Saúde em Geral, Uncategorized

Saiba como tratar artrite reumatoide com ozônio

Uma doença incapacitante e dolorosa, a artrite reumatoide pode tirar o paciente das principais tarefas na vida pessoal e profissional. Nesse texto, você vai entender os efeitos da doença e a possibilidade de tratamento com ozonioterapia.

Está buscando um jeito eficiente para tratar artrite reumatoide? Continue lendo nosso post e saiba mais!

Como funciona a desintoxicação do organismo?

A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica e prejudicial às articulações do paciente. Sua causa é desconhecida e as mulheres são duas vezes mais propensas a desenvolver o problema. A faixa-etária principal da artrite reumatoide é dos 30 aos 40 anos e o risco aumenta com o avanço da idade.

Entre os sintomas, o paciente pode sentir dor, calor e vermelhidão nas articulações, principalmente nos punhos e mãos. Em alguns casos, a doença pode causar edemas. A artrite reumatoide também pode comprometer a coluna cervical. A lombar e a dorsal raramente.

a doença destrói a cartilagem das articulações, gera deformações e incapacidade.

Além das articulações, outras partes do corpo podem ser acometidas, porém, com menos frequência. Ainda assim, a artrite reumatoide pode afetar:

  • Pele;
  • Unhas;
  • Músculos;
  • Sistema nervoso;
  • Rins;
  • Coração;
  • Pulmões.

Na forma crônica, os pacientes com artrite reumatóide podem ter, ainda, a Síndrome de Felty, que causa aumento do baço e dos gânglios linfático. Essa síndrome também causa queda nos glóbulos brancos (leucócitos), células diferenciadas que ajudam na eliminação de invasores estranhos ao organismo.

A ozonioterapia pode ser usada no tratamento?

Sem dúvidas, sim, a ozonioterapia é uma das formas de tratar artrite reumatoide. Entre os benefícios, alguns pesquisadores apontam que o gás é capaz de diminuir a inflamação e a progressão das erosões, além de estimular o reparo da cartilagem.

Existem diversas formas de tratamento para a artrite reumatoide, mas além de ineficientes, alguns podem causar complicações. Nesse contexto, a busca por melhores soluções continua e a ozonioterapia ganha seu espaço.

O que mostram os estudos?

O ozônio medicinal é capaz de proteger o corpo contra os danos do estresse oxidativo crônico. Esta é uma das virtudes que mostram como tratar artrite reumatoide com o gás é mais eficiente. Em contato com o organismo, a ação antioxidante do ozônio inibe a inflamação provocada pela doença.

As evidências sobre a eficiência do ozônio devem avançar, mas alguns estudos já demonstram que o gás apresenta resultados positivos contra artrite reumatoide. Na Turquia, um deles revela que o índice da doença reduziu no grupo tratado com 20 μg / ml de ozônio em comparação ao grupo que não foi tratado com ozonioterapia.

O ozônio foi aplicado 3 vezes por semana, durante 10 semanas e o efeito clínico foi observado a partir da quarta. O ozônio melhora não apenas os quadros clínicos (dor, cansaço), como os efeitos sobre os tecidos.

O ozônio é uma terapia complementar aplicada com sucesso na artrite reumatóide. Além da ação antioxidante, o gás melhora a circulação sanguínea e aumenta a fonte de oxigênio. Para obter o efeito certeiro, no entanto, deve ser administrado somente por especialistas, como a clínica Dr. Ozônio.

Acompanhe as atualizações do blog da Saúde com Ozônio e visite o site da clínica Dr. Ozônio para iniciar seu tratamento.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *