Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Ozônio, Ozônioterapia, Saúde em Geral

Conheça a eficácia da terapia com ozônio na cicatrização de úlceras

Cada vez mais recomendada por médicos e especialistas da área da saúde, a Ozonioterapia é um tratamento versátil, barato e altamente eficiente contra incontáveis condições de saúde, incluindo diferentes tipos de úlceras.

Entenda, a seguir, o que são esses ferimentos e conheça um caso real que demonstra a eficácia do Ozônio Medicinal contra essa condição.

Boa leitura!

O que são úlceras?

São consideradas úlceras todas as lesões abertas que surgem na pele, responsáveis por grandes dores e incômodos. Existem diversos tipos, cada uma com causas e características próprias. Conheça as principais:

  • Úlceras por pressão: surgem em indivíduos com problemas de mobilidade ou acamados, uma vez que o excesso de pressão na região afetada prejudica a saúde da pele.
  • Úlceras venosas: aparecem por problemas de circulação;
  • Úlceras peptídicas: são causadas por bactérias ou problemas no revestimento de órgãos como estômago ou esôfago.

Seja qual for a causa, esse problema pode se agravar e gerar complicações, por isso deve sempre ser tratado, independentemente da sua gravidade.

Capaz de otimizar o metabolismo celular e de gerar efeitos antioxidantes e antibacterianos no organismo, a Ozonioterapia pode ser um excelente recurso para a cicatrização de úlceras.

Conheça um caso real, em que pacientes demonstraram uma melhora significativa no tratamento de ferimentos dessa natureza provocados por complicações do diabetes.

Qual a eficácia da Ozonioterapia contra esse tipo de problema?

Para demonstrar a eficiência da Ozonioterapia na cicatrização de úlceras, um grupo de pesquisadores publicou recentemente um estudo onde duzentos pacientes, com idades entre 18 e 85 anos, foram avaliados.

O problema entre todos os indivíduos era o mesmo: úlcera no pé diabético. Ela é uma das complicações mais comuns do diabetes, que conta com um tratamento altamente rigoroso, difícil e caro.

Geralmente, a condição pode levar à morbidade e até a mortalidade se não tratado adequadamente. Por isso, a terapia com ozônio é recomendada como método complementar de intervenção em prol dos pacientes.

Divididos em dois grupos, metade dos pacientes receberam tratamento regular em associação da Ozonioterapia, enquanto a outra metade foi submetida apenas às intervenções tradicionais para os diabéticos.

Entre os pontos verificados para a avaliação, estavam condições como:

  • Tamanho da ferida;
  • Grau;
  • Tempo de cicatrização;
  • Açúcar no sangue em jejum;
  • Biomarcador inflamatório antes e após o tratamento.

Os resultados obtidos foram significativos. Todos os pacientes submetidos à Ozonioterapia tiveram fechamento completo da ferida, inclusive com área de superfície média menor do que o grupo de controle.

Além disso, o tempo de cicatrização também foi menor nos pacientes submetidos ao Ozônio Medicinal. Isso demonstra como o tratamento pode não só ser efetivo contra as úlceras, como também em relação ao tempo de tratamento e, consequentemente, ao seu preço.

Por fim, os pesquisadores também concluíram que a terapia com ozônio é capaz de reduzir as chances de amputação e de infecções, que também são comuns nesse tipo de ferimento.

Como ter acesso aos melhores tratamentos na área?

Considerada uma das maiores referências em Ozônio Medicinal no Brasil, a Clínica Dr. Ozônio oferece o que há de melhor na área, seja por meio de consultas, avaliações terapêuticas ou mesmo nos mais variados procedimentos com ozônio.

Se você quer saber ainda mais sobre os avanços da Ozonioterapia, continue acompanhando as atualizações do blog Saúde com Ozônio. Fique por dentro de tudo sobre esse recurso que vem transformando a vida de pacientes em todo o mundo.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *