Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Ozônio, Ozônioterapia, Saúde em Geral

Dores no Joelho: Conheça a eficiência da Ozonioterapia

Ter dores no joelho, além de ser bastante incômodo, também pode comprometer a mobilidade e a qualidade de vida dos pacientes.

Sua causa mais comum está ligada à osteoartrite, que, felizmente, já encontra novas possibilidades de tratamento através da Ozonioterapia.

Saiba mais sobre as dores, suas causas. as possibilidades oferecidas pelo Ozônio Medicinal e como ter acesso a esse tipo de tratamento.

Boa leitura!

Qual a principal causa das dores no joelho?

Uma das causas mais comuns para as dores no joelho é a osteoartrite. Além da dor, ela é caracterizada pela rigidez ou mesmo perda da função nas articulações.

Trata-se de uma doença crônica, que provoca lesões na cartilagem e dificulta a locomoção. Além dos joelhos, ela pode atingir articulações das mãos, coluna e quadris.

Os riscos de seu surgimento são maiores entre pessoas:

  • Idosas;
  • Com histórico de lesões nos ligamentos;
  • Obesas;
  • Que possuem diabetes;
  • Que possuem gota;
  • Que realizam trabalhos com esforços repetitivos.

Os tratamentos mais comuns envolvem anti-inflamatórios e analgésicos. O problema, porém, está na recorrência com que esses medicamentos precisam ser utilizados. Isso porque, além de caros, eles também podem provocar uma série de efeitos colaterais.

Frente a isso, a Ozonioterapia avança na área para atuar de maneira complementar a esses recursos, conforme abordaremos a seguir.

Quais as principais evidências de mostra a efetividade da Ozonioterapia?

Para avaliar a eficiência da Ozonioterapia intra-articular no alívio das dores no joelho em pessoas com osteoartrite

, um grupo de pesquisadores iranianos realizou uma revisão sistemática e metanálise, descrita neste estudo.

Para o estudo, foram utilizados bancos de dados biomédicos especializados, como Pubmed Central, Pubmed, Medline, Google scholar, Scopus e Embase, em que publicações foram coletadas até julho de 2018.

Após os critérios de exclusão e inclusão, utilizados para verificar a fidelidade dos resultados descritos, a revisão sistemática utilizou 10 estudos como base, em que foram obtidas as seguintes conclusões:

  • A análise dos índices Q e I 2% mostrou alta heterogeneidade nos estudos selecionados (2600.330 e 99.654, respectivamente), portanto, o modelo de efeitos aleatórios foi escolhido para o cálculo do SMD;
  • A hipótese principal constatou que o tamanho do efeito combinado ponderado para o impacto da Ozonioterapia intra-articular na redução da dor foi o seguinte: SMD = -28.551 (intervalo de confiança de 95%, -32.553 a -24.549);
  • O valor de P para a significância do SMD combinado examinado pelo teste z foi de 0,000 e, portanto, foi claramente considerado estatisticamente significativo.

Com base nesses resultados, a meta-análise demonstrou que a Ozonioterapia intra-articular é, de fato, uma maneira eficiente e recomendada para tratar a dor crônica no joelho provocada pela osteoartrite.

Antes de procurar por um tratamento, porém, certifique-se de procurar pelos profissionais especializados na área.

Como ter acesso ao tratamento?

Com uma história centenária e amplo reconhecimento nos sistemas de saúde dos principais países do mundo, a Ozonioterapia é uma técnica que conta com prestígio e segurança para ser ministrada contra mais de 200 problemas de saúde diferentes.

Para garantir o tratamento mais adequado para a sua situação, procure por profissionais que atuem com a devida expertise, experiência e seriedade.

A Clínica Dr. Ozônio é referência nacional em consultas, avaliações e procedimentos terapêuticos com Ozônio Medicinal. Entre em contato conosco para garantir o melhor padrão de atendimento e não perca as novidades do Blog Saúde com Ozônio para manter-se sempre informado sobre os seus avanços!

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *