Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Ozônio, Pneumonia

Conheça os riscos da pneumonia na série “As 20 mais”

A pneumonia é uma doença que pode oferecer sérios riscos para a saúde dos pacientes, uma vez que se trata de uma infecção instalada diretamente nos pulmões e que pode comprometer a região dos alvéolos.

Para evitar suas consequências, cada vez mais pacientes apelam ao uso do ozônio medicinal, conforme abordaremos ao longo deste artigo!

Essa é mais uma matéria especial da nossa série As 20 Mais, que começou tratando sobre os riscos dos derrames e seguirá em nosso blog até abordar todas as doenças que mais matam no mundo.

Além de conhecer as possibilidades da Ozonioterapia contra a pneumonia, você também vai saber quais são as suas principais causas, sintomas e fatores de risco. Boa leitura!

Quais as principais causas da pneumonia?

A pneumonia pode ser causada por diversos agentes infecciosos, como bactérias, vírus ou fungos, que conseguem dominar a ação do sistema imunológico contra a sua presença e invadir a região dos pulmões.

Ações irritantes também podem desencadear infecções no espaço alveolar (como reações alérgicas), ou a inalação de substâncias agressivas (como fumaça ou produtos químicos).

Como reconhecer os seus sintomas?

Os sintomas mais comuns da pneumonia em adultos incluem:

  • Náuseas;
  • Vômito;
  • Mal-estar;
  • Fraqueza;
  • Febre acima de 37,5ºC;
  • Dor no peito;
  • Dificuldades para respirar;
  • Tosse seca ou com catarro;
  • Suores intensos.
  • Em idosos, por sua vez, os sintomas podem se diferir e serem até muito mais nocivos, incluindo fatores como confusão mental, desorientação em relação ao espaço e o tempo, além de perda de memória.

    Já nas crianças, os sinais mudam conforme a manifestação bacteriana ou viral da pneumonia. No primeiro caso, ocorre dor abdominal, perda de apetite, respiração acelerada e ruidosa. Já no segundo, que geralmente é desencadeado após uma gripe comum, são detectados sintomas como coriza, dor de ouvido, espirros, dor de cabeça, na garganta e em todo o corpo.

    Quais os fatores de risco para a doença?

    Os principais fatores de risco para a pneumonia são aqueles que enfraquecem a ação do sistema imunológico e impedem que ele proteja a parte interna dos pulmões.

    Entre eles, destacam-se:

  • Falta de cuidado com resfriados;
  • Tabagismo;
  • Consumo de álcool;
  • Mudanças repentinas ou muito bruscas de temperatura;
  • Longa exposição ao ar seco;
  • Uso excessivo de ar condicionado.
  • Como o ozônio é capaz de combater o problema?

    Reconhecido por especialistas internacionais como um método seguro e altamente eficiente para combater mais de duzentas doenças diferentes, a Ozonioterapia é uma técnica complementar reconhecida e praticada em boa parte dos países desenvolvidos de todo o mundo.

    Entre as diversas propriedades que o ozônio desempenha no organismo, está a sua poderosa capacidade anti-inflamatória, que age diretamente sobre as regiões afetadas e restabelece as suas plenas condições.

    Além disso, o ozônio medicinal ainda é um poderoso antígeno, que é capaz de ativar as funções plenas do sistema imunológico e combater diretamente a ação de vírus, bactérias ou até fungos que possam ter provocado a doença.

    Em condições que comprometem severamente as condições de saúde e a qualidade de vida dos indivíduos, como é o caso da pneumonia, a Ozonioterapia também é amplamente indicada por agregar mais disposição e vitalidade aos indivíduos. As pessoas que usam a técnica recuperam suas condições de bem-estar e são capazes de passar por um padrão menos nocivo de tratamento.

    Inclusive, o ozônio contribui para que as intervenções tradicionais, como as medicamentosas, sejam feitas em menores doses e em um menor período de tempo. Isso torna os tratamentos mais baratos e com uma incidência menor de efeitos adversos ou colaterais.

    Ficou impressionado com todas essas vantagens do ozônio contra a pneumonia? Quer saber ainda mais sobre a sua ação contra as doenças que mais matam no mundo e outras diversas condições de saúde? Então continue acompanhando a série “As 20 Mais” no blog da Saúde com Ozônio!

    Previous ArticleNext Article

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *