Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Óleo Ozonizado, Ozônioterapia

Tratamento da psoríase com óleo ozonizado

O tratamento da psoríase, que muitas vezes é marcado pelo uso de pomadas e medicamentos, pode ter os seus efeitos adversos amenizados por meio do óleo ozonizado.

De acordo com um estudo realizado pela Hall and Partners e divulgado pela EBC Brasil, nosso país é o segundo no ranking do impacto da doença na qualidade de vida dos pacientes.

Isso demonstra como a carência de soluções alternativas afeta a população brasileira – como é o caso da Ozonioterapia, que é bastante comum ao redor do mundo. A seguir, saiba mais sobre o problema e suas possibilidades de tratamento com ozônio medicinal!

Sintomas e tratamento da psoríase

Caracterizada por lesões descamativas e avermelhadas, que geralmente se manifestam em placas, a psoríase é uma doença relativamente comum da pele e que apresenta gravidade variável.

De manifestações facilmente tratáveis a condições altamente incapacitantes, a patologia normalmente atinge as mãos, pés, cotovelos, couro cabeludo, joelhos, unhas e até a região genital.

Por se tratar de um problema crônico e autoimune, em que o próprio sistema imunológico ataca o organismo, as causas da psoríase ainda são difíceis de determinar. Alguns fatores de risco, porém, estão associados a ela:

  • Excesso de variações climáticas;
  • Consumo de álcool ou tabaco;
  • Remédios para pressão alta, transtorno bipolar e malária;
  • Alterações metabólicas;
  • Infecções de pele ou na garganta;
  • Estresse e obesidade;
  • Infecções virais ou bacterianas;
  • Histórico familiar;
  • Estresse;
  • Lesões na pele de natureza diversa, como queimaduras, ferimentos, entre outras.
  • Além das lesões avermelhadas na pele, a doença também pode ser marcada pela derme seca e suscetível a sangramentos, unhas esfareladas e espessas, além de inchaço e rigidez nas articulações.

    Sob qualquer suspeita, um médico deve ser consultado para orientar o tratamento da psoríase mais adequado.

    Benefícios do óleo ozonizado no tratamento da psoríase

    Por mais que soluções tópicas, como as pomadas de Flumetasona, sejam extremamente comuns durante o tratamento da psoríase, esse tipo de substância pode provocar uma série de efeitos colaterais.

    Excesso de coceira, descoloração, atrofia e erupção da pele, surgimento de espinhas, irritação, ressecamento, além de infecções secundárias e da raiz dos pelos são apenas algumas das adversidades que podem fazer parte do dia a dia dos pacientes submetidos ao uso prolongado desses produtos.

    A fim de evitar ainda mais adversidades no cotidiano de quem sofre com psoríase, a ozonioterapia oferece a possibilidade de tratamentos da derme através de óleo ozonizado.

    Com uma poderosa ação de oxigenação tecidual, propriedades cicatrizantes e antimicrobianas, soluções como Óleo de Girassol Ozonizado representam possibilidades revolucionárias contra a doença, pois são totalmente seguras e contam com eficácia garantida, graças à alta concentração de ozônio que cumpre o protocolo cubano.

    A base científica do tratamento com ozonioterapia

    O estudo mais recente que mostra a eficácia e segurança do tratamento da psoríase com óleo ozonizado foi conduzido com 40 pacientes. Todos apresentavam lesões simétricas e área de envolvimento de 30% da superfície do corpo.

    Divididos em dois grupos, os indivíduos foram submetidos a quatro semanas de tratamento, em que metade recebeu duas aplicações diárias do óleo, enquanto a outra metade foi tratada com pomada de Flumetasona, também duas vezes ao dia.

    Por mais que tenha ocorrido uma certa variabilidade na evolução dos pacientes durante as duas primeiras semanas, após a terceira todos os resultados não apresentaram diferenças estatísticas entre as duas soluções, com taxas promissoras de recuperação em ambos os casos.

    Isso quer dizer que a Ozonioterapia é uma solução tão eficaz quanto os tratamentos tradicionais, com o benefício de não apresentar efeitos colaterais e ser muito mais acessível na grande maioria das situações.

    Ficou interessado sobre o tratamento da psoríase com óleo ozonizado? Sabia que o ozônio pode tratar mais de 200 doenças? Acompanhe o nosso blog e não perca nenhuma novidade sobre o tema!

    Previous ArticleNext Article

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *