Telefone: (11) 2295-9931 | (11) 9 5726-6578 End: R. Gonçalves Crespo, 226 (Próx. Metrô Tatuapé) | End: R. Cerqueira Cesar, 466 (Próximo ao Hospital Next Santo Amaro)
Hepatite, Ozônioterapia

Eficiência da ozonioterapia no tratamento da Hepatite

Silenciosa e incapacitante, a hepatite é caracterizada por qualquer inflamação no fígado causada por microorganismos ou substâncias tóxicas. Existem diversas variações da patologia e diferentes causas, mas aquelas provocadas por infecções virais são chamadas de hepatites A, B, C, D, E, F e G.

Justamente esses exemplos encontram uma excelente solução no ozônio medicinal, considerado o melhor virucida que existe! Segundo dados da Sociedade Brasileira de Infectologia, cerca de 2 milhões de pessoas necessitam buscar o tratamento da hepatite no Brasil, mas somente 300 mil sabem que têm a doença.

A seguir, entenda a importância complementar da ozonioterapia no tratamento da hepatite, como ocorre o problema e as alternativas para os pacientes.

Entenda como ocorre o tratamento da hepatite,

O tratamento para as hepatites virais pode variar bastante, pois algumas formas da doença desaparecem por conta própria e exigem apenas monitoramento médico. Em casos mais severos, o combate é feito com medicamentos antivirais, que são capazes de erradicar os invasores, mas provocam uma série de efeitos colaterais.

No Brasil, o Sistema Único de Saúde fornece o diagnóstico e o tratamento para a patologia, atuando também na distribuição gratuita dos remédios.

O acompanhamento médico nestas situações é indispensável, pois a combinação dos antibióticos pode causar uma série de efeitos indesejados, que exigem até a interrupção do tratamento em algumas situações. São eles:

  • dores de cabeça;
  • fadiga constante;
  • dores musculares;
  • febre;
  • depressão;
  • perda de apetite.
  • O transplante de fígado é uma solução indicada apenas para pacientes que descobriram a doença de forma tardia e já apresentam o órgão comprometido.

    É fato que um problema tão delicado exige alternativas que não apenas combatam a doença, mas que também proporcionem saúde e bem-estar aos seus pacientes!

    Neste sentido, o papel da ozonioterapia no tratamento da hepatite é determinante e os seus benefícios podem fazer toda a diferença.

    Conheça o papel do ozônio medicinal no combate da doença

    Atualmente, é de conhecimento geral que o ozônio medicinal possui eficiência comprovada no combate de mais de 250 patologias.

    No tratamento da hepatite não é diferente: entre as diversas propriedades, o gás ozônio também é capaz de eliminar agentes invasores, incluindo o vírus da doença!

    Em uma entrevista sobre o assunto, o Dr. Coimbra bem destaca que a ozonioterapia aumenta as atividades metabólicas e a capacidade de oxigenação do paciente, fazendo com que o próprio organismo crie meios de expulsar os agentes microbianos.

    Entre as diversas vantagens que tornam o tratamento ideal contra a hepatite, destacam-se:

    Sua aplicação não provoca efeitos colaterais;
    É reconhecido como um procedimento totalmente seguro;
    Combate a patologia sem comprometer o bem-estar do paciente.

    A eficiência da ozonioterapia no tratamento da hepatite é refletida em sua ampla difusão em todo o mundo.

    O Egito, por exemplo, recomenda o procedimento em todo o seu território e foi capaz de obter uma redução da carga viral em até 70% dos casos. Nesse exemplo, vale lembrar que o vírus combatido por lá é extremamente resistente às drogas utilizadas nos tratamentos convencionais.

    Cadastre-se no blog Saúde com Ozônio e não perca nenhum detalhe sobre o tema!

    Previous ArticleNext Article

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *